Separações

Publicado: 29 de julho de 2010 em Não categorizado

Fazer as separações é fácil –

Não há necessidade da adição de equipamentos ou plug-ins! Você pode se beneficiar com a criação de 2 a 8 separações. Abaixo está um exemplo de 4 separações.

Comece por criar uma pasta em seu disco rígido e rotulá-la com o nome da canção que você está trabalhando [Sua Música].

1) Grave sua mix em 24 bit stereo. Nomeie o arquivo Mix.aif (ou. Wav, SDII, etc) e coloque-o em [Sua Música].

Então, sem alterar qualquer nível, qualquer plug-in ou qualquer outra coisa —

2) Mute (ou desative), todas as faixas exceto a bateria e grave-a em um novo arquivo 24 bits estéreo (com todos os efeitos relacionados como Reverb/Compressão). Nomeie o arquivo [Sua Música] Drums.aif (ou wav, SDII, etc) e coloque-o na mesma pasta.

3) Mute (ou desative), todas as faixas exceto o baixo de sua mix (em 24 bits estéreo com todos os efeitos relacionados ao baixo). Nomeie o arquivo [Sua Música] Bass.aif (ou wav, SDII, etc) e coloque-o na mesma pasta.

4) Mute (ou desative), todas as faixas exceto os instrumentos restantes com todos os efeitos associados. Nomeie o arquivo [Sua Música] Instr.aif (ou wav, SDII, etc) e coloque-o na mesma pasta.

5) Mute todas as pistas, exceto o vocal. Nomeie o arquivo [Sua Música] Vocals.aif (ou wav, SDII, etc) e coloque-o na mesma pasta

Você tem agora cinco arquivos gravados, incluindo as quatro separações em [Sua Música].

Importante! Tenha certeza de deixar a automação em ON para cada Separação de modo que cada movimento que exista na sua mix estéreo seja repetida nas Separações.

A técnica da separação

A técnica nos permite reconstruir sua mix usando as separações – para reforçar elementos distintos – sem comprometer outros elementos dentro da mix!

É muito mais preciso do que aplicar o tradicional programa de equalizadores e compressores.

Separações fazem o que os compressores multibanda SONHAM em fazer!

Volte a mesa de mixagem e coloque os arquivos lado a lado, sincronizados e começe com a sua mixagem original.
Vá abrindo os outros arquivos, um a um e veja como eles começam a ganhar um novo peso.
Todos os instrumentos parecem ganhar um novo corpo e o vocal parece dar um salto.

Separações dão a você a flexibilidade de abrir o som e melhorar a dimensão e os transientes. Cada camada parece ter mais articulação e musicalidade do que o formato padrão estéreo.

Cabe a você experimentar (e muito….) e sentir o quanto sua mix vai ganhar.

Boas experimentações

Rafael Contatori
Sound Designer and Pro Tools specialist

Anúncios

Gravação Digital

Publicado: 24 de julho de 2010 em Não categorizado

Nos primórdios da gravação de áudio, tudo tinha um custo extremamente elevado, os equipamentos ocupavam muito espaço, e era necessário muito treinamento para se fazer as gravações, mesmo as mais básicas. Nos últimos anos, o preço dos equipamentos de gravação caiu bastante, enquanto que a qualidade cresceu exponencialmente.

Gravação em computador: Programas e Interfaces
As duas primeiras coisas a se considerar são as opções de programas e de interface. Sua interface de gravação é, simplesmente, a peça de hardware que você conecta em seu computador a fim de gravar. Há muitas opções e todas elas são melhores do que usar o microfone interno!
Suas opções de programas são inúmeras, e realmente você é quem vai decidir o que usar, e o quanto pode pagar. O pacote mais popular e poderoso no mercado é a suite Digidesign Pro Tools. O Pro Tools LE é voltado para o mercado de gravação caseira, enquanto o Pro Tools HD é mais para estúdios profissionais que necessitam de capacidades expandidas. Existem vários outros pacotes disponíveis, também – O GarageBand da Apple, vem nos computadores Macintosh, e é uma poderosa ferramenta de produção musical. Há muitas outras opções a considerar, também.
Microfones
Há um ditado muito simples que você repete para si mesmo quando aprende a gravar – Quanto melhor for a fonte, melhor será a gravação! Gastar um dinheiro extra em um bom microfone vai realmente fazer a diferença no som de suas gravações. Há muitas opções de microfones, acessíveis a qualquer bolso! Há também alguns microfones surpreendentes se você puder gastar um pouco mais.
No próximo post vamos falar um pouco mais sobre microfones de Studio.

Até lá

Rafael Contatori

Olá!

Publicado: 24 de julho de 2010 em Não categorizado

Consulte também o blog

meuhomestudio.blogspot.com